Apresentação

Bibliotecas e devaneios é um site para compartilhar em acesso aberto artigos, slides, vídeos e textos dispersos sobre o que tenho feito nestes meus 25 anos de trabalho. As temáticas predominantes são as bibliotecas universitárias e a comunicação científica, mas tem também literatura, cinema, política e filosofia de boteco.

Por Letícia Strehl

Contexto e desafios das bibliotecas universitárias

 Ensaio e slides elaborados para apresentação na mesa redonda “As práticas tradicionais da biblioteca universitária versus demanda informacional das bibliotecas contemporâneas”, realizada na edição 2020/2021 do “XXI Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias” em 08/12/2021.
Slides e vídeo da palestra “Éramos documentalistas; agora, somos também bibliotecários analistas e educadores” feita no “I Simpósio de Biblioteconomia” da Universidade de Caxias do Sul em 20 de maio de 2020.
Slides e vídeo da palestra “Um meme para pensar muito seriamente a biblioteca universitária” promovida pelo CRB10 e UCS em comemoração ao Dia do Bibliotecário em 12 de março de 2021.
Slides e vídeos de diversas palestras proferidas sobre a missão da biblioteca universitária na Era Digital
Palestras (vídeos e slides) e texto sobre os modelos de negócio de e-books praticados no Brasil e a responsabilidade social de bibliotecas e o mercado livreiro.

A importância das bibliotecas é ainda ampliada no momento crucial que vivemos: a Era da Pós-Verdade. O movimento de desinformação instaurado pela disseminação proposital de notícias falsas nas redes sociais deve ser por nós combatido com uma intensa atuação para promover um comportamento crítico e ético em relação à informação entre nossas comunidades.

Os sistemas de bibliotecas existem como recurso técnico e gerencial para potencializar a atuação de cada uma de suas bibliotecas. As ações e recursos compartilhados exigem políticas e procedimentos comuns construídos a partir do senso de coletividade e da disposição de formar consensos. A valorização do coletivo é tarefa árdua numa sociedade cada vez mais egoísta.

Comunicação científica e cientometria

Slides e vídeos do Curso “ABC de Cientometria” em três aulas.

Os avanços de acesso, produção e disseminação de informações testemunhados nas últimas décadas ocorreu graças ao desenvolvimento de uma nova geração de tecnologias formada por equipamentos, linguagens de programação e plataformas.

Alguns analistas podem centrar-se apenas nas máquinas e softwares que ofereceram a infraestrutura para esta revolução. Ao fazerem isso, deixam de perceber o elemento da cultura de colaboração entre as pessoas que criaram essas máquinas e softwares pela formação de grandes comunidades de desenvolvedores e usuários. Comunidades que se constituíram, direta ou indiretamente, como parte deste Movimento que passamos a reconhecer como Ciência Aberta.

Em um relacionamento sério com a literatura desde 1976

A dupla capacidade da literatura de ser recurso para entender o mundo e para fugir do mundo é encantadora. Eu sempre reverencio o Anjo Protetor dos Leitores quando ele coloca em meu caminho o livro certo para o humor do momento. Se Deus é brasileiro, eu não sei (hoje desconfio que não), mas, jogo e não perco, esse anjo tem uma vocação bibliotecária. Leia post completo…

Jane Austen, Virgínia Woolf, Simone de Beavouir, Elena Ferrante, Chimamanda Adichie e tantas outras escritoras escreveram sobre mulheres independentes em situações muito reais e, frequentemente, limites de uma circunstância na qual a submissão tornaria suas vidas muito mais simples. Insubmissas, movidas por suas próprias razões, as personagens principais destas autoras seguem seus rumos. Sobre isso trata esta lista

Resisti muito a comprar um e-reader. Apesar de muitas vezes duradouras, minhas resistências não costumam ser eternas. Frequentemente, a “cabeça-durisse” é compensada por uma tentativa de retratar publicamente o quão bom é aquilo que neguei por tanto tempo . E é disto que trata este post: uma reparação com os e-readers (no meu caso, leia-se Kindle). Leia post completo…

Por que ler Simone de Beauvoir? Neste texto, faço um relato pessoal da importância desta feminista e filósofa existencialista, que escreveu “O Segundo Sexo” e tantas obras fundamentais, inspirando mulheres em sua luta por igualdade e liberdade há décadas.

Devaneios políticos

“A política e a humanidade em conflito” é uma Lista de filmes e séries que indicamos para pensar essa relação entre indivíduos e sistemas políticos sob diferentes aspectos. Ficou curios@? Clica no link.
O posto de saúde, a escola, a parada de ônibus: uma reflexão sobre as derrotas nas eleições de 2020 num texto longo, às vezes repetitivo, mas que reflete uma necessidade de desabafo. Local de fala: Porto Alegre, RS-Brasil

Recomenda (em poucas palavras)

(9-10) Kamchatka e Trumbo

Os dois filmes desta semana estão reunidos aqui na lista “Política e humanidade em conlito” não por acaso: ambos representam os inimigos do Estado de governos que optaram por esconder suas mazelas alimentando a fantasia da ameaça comunista. Em “Kamchatka”, tocante filme argentino, percebemos os horrores da ditadura militar pelo olhar de uma criança de […]

Personagem de “Nós mulheres”: o Marquês de Condorcet

O Marquês de Condorcet foi um feminista fervoroso, que, entre tantas contribuições, escreveu, em 1790, o ensaio “Sobre a adminissão das mulheres no direito da cidade.” No ensaio ele disse: “Ou nenhum membro da espécie humana tem verdadeiros direitos, ou todos têm os mesmos; aquele que vota contra os direitos do outro, quaisquer que sejam […]

Roda de Rendeiras no El Pesto: lendo juntas “Nós Mulheres” de Rosa Montero

Roda de Rendeiras orgulhosamente apresenta: [Tambores soando……]🥁🥁🥁🥁🥁🥁 Lendo juntas ” Nós mulheres” de @rosamontero_oficial ! ♀️ Toda primeira segunda do mês, às 18h45 no @elpesto596 🍕🎊 Um capítulo lido a cada mês com discussão das Rendeiras aberta ao público porque Roda de Rendeira que se prese, só aumenta! 📖🤓🌻 Começaremos com um tributo às mulheres geniais de nossa história […]

Um domingo sem luz

“Um domingo sem luz” poderia ser o título de uma postagem poética caso a cidade na qual reside esta blogueira não tivesse problemas tão literais. Assim, em Porto Alegre, nome não literal desta cidade, tem mais um domingo sem luz e sempre previsão de luz. Depois da privatização, foi acionado “o modo vire-se”. Haja vela.

(8) O Reino

O Reino é uma série argentina imperdível para pensar os tempos atuais ao tratar da ameaça religiosa ao Estado Laico. Com atuações excelentes e ótimo roteiro, é uma série de suspense sobre os bastidores que cercam a candidatura de um pastor evangélico à presidência. A proximidade com a realidade é tamanha que tem até facada. […]

Jane Campion, reparação 30 anos depois

Em 1993, Jane Campion dirigiu o Piano, um dos mais belos filmes já feitos sob inúmeros aspectos, entre eles, uma direção de tirar o fôlego da primeira à última cena. Indicada, perdeu o Oscar, que foi ganho por Clint Eastwood pelo bom, mas nada extraordinário “Os imperdoáveis”. Ruim para a premiação marcada por escolhas duvidosas. […]

(26) Tudo é rio por Carla Madeira

Não sei por onde começar mesmo tendo como propósito não escrever muito. Vou começar pelo título e pela autora: “Tudo é Rio”, Carla Madeira. Ah, afirmo o óbvio também, é uma obra obrigatória para uma lista “Leia Mulheres”. Obrigatório, não por tratar da condição feminina, mas por ter sido escrito por uma mulher. Mesmo com […]

Post 100: retrospectiva

Bibliotecas e devaneios (BeD) é meu site pessoal baseado, principalmente, nas postagens do Blog a ele associado. A criação do site é produto de duas circunstâncias: uma mudança na política do SlideShare (que utilizei por quase 15 anos) e o isolamento social forçado pela Pandemia. Com mais tempo introspectivo e sem lugar para compartilhar meus […]

%d blogueiros gostam disto: