Cientometria Comunicação Científica

O que é o Fator de Impacto

O Fator de Impacto publicado anualmente pela Thomson Reuters (antigo Institute for Scientific Information) no Journal Citation Reports tem sido utilizado mundialmente como parâmetro de avaliação da relevância da produção científica há muitos anos. O uso do FI em agências de fomento fez deste indicador um dos objetos de estudo mais pesquisados na literatura da cientometria internacional.

O Fator de Impacto (FI) de determinado periódico é publicado anualmente pela Thomson Reuters (antigo Institute for Scientific Information – ISI) no Journal Citation Reports e pode ser definido como: a razão entre o número de citações feitas no corrente ano a itens publicados neste periódico nos últimos dois anos e o número de artigos (itens fonte) publicados nos mesmos dois anos pelo mesmo periódico (Journal Citation Reports, 1998).

A Tabela a seguir ilustra a forma como o FI é calculado:


Para definir o período a ser considerado para o cálculo do FI, Garfield (1972) fez minuciosa análise da distribuição cronológica dos itens citados pelas publicações. De acordo com os dados que obteve, um artigo típico é mais freqüentemente citado durante os dois anos subseqüentes à sua publicação. Garfield observou que de 21% a 25% das referências correspondem a trabalhos publicados nos três últimos anos, ou são ainda mais recentes.

Todavia, essa proporção de citações a trabalhos recentes depende da área em que os estudos são publicados. Isso se deve ao fato de que as áreas apresentam taxas diferenciadas de obsolescência. Em outras palavras, pode-se dizer que o tempo de pertinência dos conhecimentos produzidos varia de acordo com o ritmo de atualização de cada um dos diversos ramos do saber, apresentando invariavelmente reflexo na idade das referências citadas nas publicações.

Os dados obtidos por Pendlebury e divulgados por Hamilton (1992) sobre a proporção de artigos publicados e não citados nos cinco primeiros após sua publicação pode servir como um recurso para ilustrar as diferenças na idade das publicações referidas nas diversas áreas (Figura).

Figura – Proporção de Artigos Indexados pelo ISI e não Citados nos Primeiros Cincos Anos após sua Publicação, por Área

Fonte: HAMILTON, David. Research papers: who’s uncited now. Science, Washington, v. 251, n. 25, p. 25, Jan. 1991.

Referências:

GARFIELD, Eugene. Citation analysis as a tool in journal evaluation: journals can be ranked by frequency and impact of citations for science policy studies. Science, Washington, v. 178, n. 4060, p. 471-479, Nov. 1972.

HAMILTON, David. Research papers: who’s uncited now. Science, Washington, v. 251, n. 25, p. 25, Jan. 1991.

JOURNAL citation reports. Philadelphia: Institute for Scientific Information, 1998.

Trabalhos de minha autoria sobre FI

Dissertação de Mestrado

Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores de Impacto. Orientação: Profa. Dra. Ida Regina Chittó Stumpf. (Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003)

Artigos e trabalhos em evento

O Fator de Impacto do ISI e a Avaliação da Produção Científica: aspectos conceituais e metodológicos. Ciência da Informação, Brasília, v. 34, n. 1, p. 19-27, 2005.

The Impact of Brazilian Scientific Articles Published in Domestic and Foreign Journals Indexed in Web of Science. In: 12th International Conference on Scientometrics and Infometrics, 2009, Rio de Janeiro. Proceedings. São Paulo : BIREME/PAHO/WHO, 2009. v. 2. p. 994-995. Com: Ida Regina Chittó Stumpf STUMPF

Indicadores de qualidade da atividade científica. Ciência Hoje, São Paulo, v. 31, n. 186, p. 34-39, 2002. Com: Carlos Alberto dos Santos

Recuperação e impacto da produção científica na era Google: uma análise comparativa entre o Google Acadêmico e a Web of Science. Encontros Bibli, Florianópolis, n. esp. 1, p. 92-105, 2008. Com: Rogério Mugnaini

Principais apresentações

O Fator de Impacto do ISI e a avaliação da produção científica : aspectos conceituais e metodológicos. Apresentação realizada na mesa redonda “Avaliação da qualidade da produção científica: desafios e perspectivas” no Centros de Estudos do Instituto Oswaldo Cruz em 9 jun. 2006.

Considerações conceituais e metodológicas sobre os indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da atividade científica. Apresentação realizada no Núcleo Orientado para a Inovação na Edificação (NORIE) da UFRGS em 28 nov. 2008.

Metrias da ciência da informação. Aula 5 da disciplina Recuperação da Informação do Curso de Especialização em Gestão de Bibliotecas Universitárias da UFRGS em 16 abr. 2009.

Web of Science: a ciência revelada pelas citações. Apresentação realizada para a Disciplina “Informação no processo de comunicação científica” do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação da UFRGS em 20 nov. 2007.

Portal Google Scholar e Web of Science. Apresentação realizada para o Fórum Latino-Americano de Editoração Científica em Enfermagem e Saúde em 5 nov. 2009.

Outros links


— Pesquisadores e instituições

Eugene Garfield

Loet Leydesdorff

Wolfgang Glänzel

Ronald Rousseau

CWTS (Leiden)

Ricyt

— Fontes de informação

Sigmetrics List

Scientometrics

JASIST

J. of Documentation

Ciência da Informação

Perspectivas em Ciência da Informação

— Bases de dados que produzem outros indicadores de impacto

SciELO

SCImago Journal & Country Rank

Publish or Perish (interface de busca do Google Acadêmico)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: