Literatura

Imaginar é uma das mais profundas necessidades dos homens (ou os livros em tempo de pandemia)

Assista este vídeo , por favor, se você também ama a literatura.

Na 60a. edição de nossa querida Feira do Livro de Porto Alegre, fizeram este vídeo. Seis anos depois, me deparo com ele. Acho que pela primeira vez. Quase certeza na verdade de que pela primeira vez, acho que eu não o esqueceria. Sua poesia feita de retalhos de págimas 60 de grandes textos , sua música e suas imagens são profundamente tocantes. Talvez, ainda mais tocantes em tempos de Pandemia. A literatura, como desde sempre tem sido, foi meu refúgio desta realidade tão dura de luto e desamparo . Ver esse vídeo hoje me tocou muito. “Imaginar é uma das mais profundas necessidades dos homens.”

Textos do vídeo conforme YouTube desta Edição da Feira do Livro:

(00:10​) “Imaginar é uma das mais profundas necessidades dos homens” – A insustentável leveza do ser – pg. 60 – Milan Kundera (00:15​) “Tudo é possível neste mundo de maravilhas” – A Chave do Tamanho – pg. 60 – Monteiro Lobato (00:18​) “Tão vasto e tão rico como sonhos” – A Hora da estrela – pg. 60 – Clarice Lispector (00:21​) “Eis que é chegado o tempo” – Harmonia da Tarde – pg. 60 – Charles Baudelaire (00:25​) “Procurar um livro” – A Prisioneira – Em busca do tempo perdido – pg. 60 – Marcel Proust (00:27​) “com curiosidade” – Caim – pg. 60 – José Saramago (00:28​) “e a cabeça ao vento” – O Cortiço – pg. 60 – Aluísio de Azevedo (00:31​) “Se não formos a esse lugar, aonde mais havemos de ir?” – Horizonte Perdido – pg. 60 – James Hilton

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: