Métodos de pesquisa

A pesquisa científica como um quebra-cabeça

Não sei ao certo, mas imagino que a metáfora já tenha sido utilizada anteiormente. De qualquer forma, vamos lá: quanto mais trabalho com pesquisa, mais a vejo como um quebra-cabeça. A metáfora sugere a dificuldade, é complicado montar quebra-cabeças, principalmente o de 20 mil peças do urso polar na neve. Difícil? Acho a pesquisa ainda pior. Com as 20 mil peças, o fabricante me garante que terei um urso polar na neve, mas, e com a pesquisa? Bom, eu decido os dados (peças) que coletarei, o recorte da literatura que utilizarei, o método que aplicarei e, ao final, sendo bem sucedida, terei uma imagem sobre a pergunta que desencadeou todo o processo de investigação. Problemas:

– As peças que reuni podem não se relacionar com o problema de pesquisa;
– A literatura que utilizo pode não se coadunar com o método que escolhi;
– A teoria e o método que escolhi não me ajudam a montar as peças que coletei.

Tenho trabalhado na tese e vivido algumas angustias. Assim, faço o comunicado:
Procuro um urso polar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: